terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Secretária Núbia Feitosa participa de Jornada Pedagógica na UEB Mickey Mouse


A secretária de Administração, Planejamento e Fazenda de Paço do Lumiar, Núbia Feitosa, participou nesta terça-feira (20) da abertura da Jornada Pedagógica da Unidade de Ensino Básico (UEB) Mickey Mouse, na Vila Cafeteira. Lá estudam alunos do 1º ao 5º ano e a secretária atendeu a convite da direção da escola.

Professores, coordenadores e gestores da UEB se reuniram para discutir, planejar e organizar o retorno às aulas, marcado para o dia 5 de março. Na oportunidade, a secretária falou sobre a importância do acolhimento e do empenho dos profissionais para os processos de ensino e aprendizagem.

“Foi muito importante este momento na escola, conversando com os professores e gestores, ajudando no planejamento das atividades para este ano”, assinalou Núbia Feitosa.

Ela destacou que em Paço do Lumiar foi implantada em 2017 uma política educacional eficiente, que prevê a reestruturação física das escolas, a ampliação da carga horária dos professores e a capacitação desses profissionais. “Temos nos empenhado e vamos trabalhar muito mais para que nossas crianças e jovens tenham as melhores condições de aprendizagem”, afirmou a secretária Núbia Feitosa.

Paço do Lumiar ganha unidade do Corpo de Bombeiros

A partir desta terça-feira, 20, Paço do Lumiar passa a contar com uma unidade do Corpo de Bombeiros. A 2ª Companhia Independente de Bombeiros Militar do Maranhão será inaugurada às 17h, em solenidade que contará com a presença do governador Flávio Dino, do prefeito Domingos Dutra, do comandante do CBMMA, coronel Célio Roberto de Araújo, políticos, servidores e convidados.

A unidade do CBMMA de Paço do Lumiar está sediada na Avenida 13 do Maiobão, anexo ao prédio onde funciona a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) e o Centro Social Urbano (CSU). Terá um efetivo de 32 militares, entre oficiais e praças, e será comandada pelo major Rildo Rocha. Realizará trabalho de prevenção de acidentes, combate a incêndios, fiscalização de estabelecimentos comerciais, locais de eventos, combate à venda ilegal de gás GLP, capturas de animal, atendimento pré-hospitalar, atendimento a pacientes psiquiátricos, como suporte ao Samu, fiscalizações nas edificações para que sejam cumpridas as exigências de segurança, educação preventiva, projetos sociais nas escolas e associações comunitárias, entre outras ações.

A 2ª Cia Independente de Bombeiros Militar (2ª CIBM) contará com três viaturas, um autotanque com capacidade para 11 mil litros de água, um carro de resgate para atendimento de vítimas presas em ferragens e um carro administrativo para vistorias. Terá ainda posteriormente uma ambulância para atendimento pré-hospitalar.

“A 2ª CIBM em Paço é importante pela descentralização dos serviços e maior agilidade. Anteriormente, Paço do Lumiar era atendido pela companhia de São José de Ribamar. Agora, o tempo de resposta para uma chamada será muito mais rápido”, destaca o comandante da 2ª CIBM, major Rildo Rocha.

ENTUSIASTA

O prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB), é um dos maiores entusiastas da instalação da companhia do Corpo de Bombeiros no município e acompanhou toda a reforma do prédio que sediará a unidade. “Paço do Lumiar nunca havia sediado uma unidade do Corpo de Bombeiros, apesar de ter mais de 180 mil habitantes. É mais uma conquista inédita da nossa gestão, obtida graças à parceria com o governador Flávio Dino”, afirma o prefeito Dutra.

Parte dos recursos gastos com a preparação do imóvel veio da economia obtida com a não realização do Carnaval oficial este ano no município. “O Carnaval é só por quatro dias, esta unidade dos bombeiros é para a vida toda”, ressalta o prefeito.

Para o tenente Farias, que integra a 2ª CIBM, a implantação da unidade está sendo muito bem aceita pela comunidade, pois a corporação chega ao município para prevenção, orientação, para minimizar incidentes, acidentes, além de desenvolver atividades técnico-profissionais. “Para nós, como profissionais do fogo, estamos orgulhosos de estar em Paço do Lumiar. Se para a sociedade é um ganho, para nós é uma honra e motivo de muita satisfação”, salienta o tenente Farias.

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Superfaturamento de compra de cartuchos e pretensão das cadeiras de ouro Talita Laci pode ser alvo mais uma vez do MP.

A prefeita agourenta Talita Laci (PCdoB), que já é alvo de inquérito por suposta improbidade administrativa pela contratação de empresa especializada para o fornecimento de urnas mortuárias e serviços translado funerais no valor R$ 170 mil, também é alvo do inquérito o processo licitatório para aquisições de serviços especializados de locação de equipamentos, estruturas e materiais para a promoção de eventos, do qual resultou o total de R$ 1.833.078,00. 


Desta vez Talita Laci pretende alugar jogos de mesas com valores três vezes maiores do que o praticado no mercado. Além disso, há suspeita de fraude com estimativa de gastos com refil e cartuchos para impressoras no valor de R$ 655.008,00 (seiscentos e cinquenta e cinco mil e oito reais).


Conforme publicação do Diário Oficial da Raposa, a prefeita pretende alugar 500 mesas e 5 mil cadeiras de plástico, pelo valor de R$ 14,00 reais cada jogo de mesa, composto por uma mesa e quatro cadeiras, sabido que é possível alugar jogos de mesas na mesma característica com um valor três vezes menor do que o pretendido pela prefeitura do município da Raposa,  pelo valor de R$ 4,00, conforme edição n° 015 de 05/02. 

Uma outra publicação do Diário Oficial de Raposa que chama atenção é um suposto esquema envolvendo agentes públicos e uma empresa que presta serviços na área de informática com fornecimento de impressoras, cartuchos e toners, teria iniciado em setembro de 2017, quando o primeiro contrato foi assinado entre o secretário de Administração e Planejamento, Ualacy Costa Chaves e a empresa L & V Comercial Ltda – ME, representada no ato pelo empresário Francisco Eduardo Noronha Lobato.


É disparatado a quantidade e valores dos cartuchos e refil, a qual, se revelou estranho sob o ponto de vista cauteloso, por não trazer nenhuma vantagem e onerando ainda mais os gastos com administração municipal.

O que chama a atenção, ao fazer uma pequena analise, foram os valores que subiram a média na contratação dos cartuchos, uma pequena explanação, é o valor da oferta vencedora para cartuchos HP 664, no valor de R$ 155,00 para uma quantidade de 1.920 unidades. A compra total de apenas esse produto vai custar R$ 297.800,00 aos cofres do município, conforme a Ata de Registro de Preço.





O que se percebe na cautela em apurar estes fatos, é a suspeita de superfaturamento. Vale ressaltar, que alguns casos, o custo médio do mesmo cartucho no mercado varia entre R$ 45 a R$ 90 reais a unidade. A diferenças entre os valores pagos na cidade Raposa e a pesquisa de preço alcançam um total que ultrapassa os R$ 150 mil. Então, seria esse o valor superfaturado, segundo levantado com base em extratos de contratos e pesquisa de preços, conforme em anexo da edição 034/2017.


Além disso, outro fato curioso são os licitantes participantes do certame mencionados na própria Ata também não consta nos registros do Pregão, embora a administração faça menção ao envelope ‘número 02’, mas com o registro de apenas um licitante que é o vencedor. Apesar de anunciar ‘dois’ envelopes, os documentos mostram que apenas um único concorrente teria sido chamado a participar do processo licitatório ensejando, com isso, restrição à competitividade.







segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Prefeito Domingos Dutra acompanhou a continuidade da limpeza das áreas públicas em Paço do Lumiar






     O Prefeito Dutra acompanhou na manhã desta segunda-feira a continuidade da limpeza e roçagem de áreas públicas de Paço do Lumiar. 

    Após limpar e roçar a praça da Maioba, a praça da entrada do Sítio Grande, e as avenidas 09 e 12 do Maiobão, nesta segunda-feira foi a vez das áreas do Tambaú.

    " Ao invés de gastar recursos públicos no carnaval, preferi investir no asfaltamento de ruas, limpeza, e roçagem de áreas públicas para evitar a dengue, a Chicungunha e outras epidemias", declarou o Prefeito Dutra.

   Apesar da limpeza realizada durante todo o ano passado, com o início do inverno, o mato voltou a crescer rápido, tornando as áreas públicas, sujas e feias.

   Na quarta feira a tarde os trabalhos retornarão.

sábado, 10 de fevereiro de 2018

Dr. Nubia Feitosa ministra palestra como perceber sinais de violência contra crianças e adolescente no ambiente escolar


A psicóloga Núbia Feitosa proferiu palestra na escola municipal Garrastazu Médici, no Sítio Grande, em Paço do Lumiar, sobre como detectar sinais de violência contra crianças e adolescentes no ambiente escolar.

Ela foi convidada pelos gestores da unidade de ensino para auxiliar os professores e também os integrantes da Ronda Escolar a identificar sinais que indicam se uma criança está com problemas em casa.

“A violência contra a criança e o adolescente é uma chaga na nossa sociedade. São agressões, abusos que se passam dentro dos muros das casas. No ambiente escolar é possível identificar sinais de que essa criança está sofrendo violência, sendo abusada. Todos temos de nos engajar nessa luta, ajudando esses jovens e denunciando os agressores”, destacou a psicóloga Núbia Feitosa.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

MP abre inquérito para investigar prefeita agourenta Talita Laci de Raposa

Foi mau sinal ou mau agouro? O entendimento do Ministério Publico sobre o contrato de 170 mil foi outro! Na segunda-feira (29)  MP-MA instaurou inquérito civil para ser apurado suposta improbidade administrativa da prefeita de Raposa, Talita Laci (PCdoB), pela contratação de empresa especializada para o fornecimento de urnas mortuárias e serviços translado funerais.

Abertas no dia 29 de janeiro, investigações pelo promotor de Justiça Reinaldo Campos Castro Júnior da Promotoria de Raposa.

Além dos caixões, também é alvo do inquérito o processo licitatório para aquisições de serviços especializados de locação de equipamentos, estruturas e materiais para a promoção de eventos, do qual resultou o total de R$ 1.833.078,00. Pregão Presencial N° 049/2017.

Conforme publicação já sinalizada pelo titular do blog "contratação de empresas"  especializada para fornecer urnas funerárias e serviços translado, valor do contrato 170 mil.
MP 

Pela Requisição do promotor de justiça, Talita Laci tem o prazo de 10 dias para encaminhar à Promotoria cópia integral dos autos dos dois processos que resultaram nas contratações supracitados  pela investigação.

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Ação do MPMA pede punição a responsáveis pela contratação ilegal da Odebrecht Ambiental


O Ministério Público do Maranhão ajuizou, no último dia 30 de janeiro, Ação Civil Pública por ato de improbidade contra empresários e agentes públicos envolvidos em irregularidades na contratação da Odebrecht Ambiental – Maranhão S.A. pelos municípios de São José de Ribamar e Paço do Lumiar para a exploração do serviço de abastecimento de água potável e esgoto sanitário.


Foi requerida liminar para a indisponibilidade de bens dos acionados, bem como a nulidade do contrato e abertura de um novo procedimento licitatório para a concessão do serviço.

A autora da ação é a promotora de justiça Elisabeth Albuquerque de Sousa Mendonça, da 1ª Promotoria de São José de Ribamar.

A Odebrecht Ambiental – Maranhão S.A foi contratada em 2015, no valor de R$ 437.547.676,37, por intermédio do Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico (Cisab), criado entre os municípios de Paço do Lumiar e São José de Ribamar.

Figuram como alvo da ação a Odebrecht Ambiental – Maranhão S.A.; o Consórcio Intermunicipal de Saneamento Básico; Alexandre Barradas e Helder Dantas (ex-diretores da Odebrecht Ambiental – Maranhão S.A); Geraldo Magela Vilaça Netto (atual diretor-presidente da empresa); e os ex-prefeitos Gil Cutrim (São José de Ribamar) e Josemar Sobreiro Oliveira (Paço do Lumiar).

Também estão sendo acionados André Franklin Duailibe Costa, Freud Norton Moreira dos Santos, Bianca Lisboa da Costa Silva e Gissele Chaves Baluz (funcionários públicos e ex-integrantes da Comissão Central de Licitação do Cisab) Othon Luiz Machado Maranhão (funcionário da Prefeitura de Paço do Lumiar e ex-membro da Comissão Central de Licitação).

IRREGULARIDADES

De acordo com a Assessoria Técnica da Procuradoria Geral de Justiça, na análise do procedimento licitatório que contratou a empresa, foram identificadas ausências do comprovante de publicação, anterior ao edital, do ato justificando a conveniência da outorga da concessão; falta de comprovante de ampla divulgação das propostas dos planos de saneamento básico; ausência do comprovante dos pareceres jurídicos sobre a licitação, entre outras.

PEDIDOS

Além do pedido de indisponibilidade de bens dos acionados no valor de R$ 437.547.676,37, da anulação do contrato e da abertura de novo procedimento licitatório, o Ministério Público requereu a condenação dos envolvidos nas penalidades previstas na Lei de Improbidade Administrativa (8.429/92), entre as quais, a suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos, pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração percebida pelo agente e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos.

sábado, 3 de fevereiro de 2018

Nesta manhã Candidato passam mal no TAF da PM, após registros de mortes.


O  titular do blog Cenário dos Municípios recebeu informações de que um candidato que realizou o Teste de Aptidão Física (TAF) do concurso da Polícia Militar do Maranhão na manhã deste sábado (3) sentiu-se mal e deu entrada na UPA do Bacanga na Ala vermelha. Já chegou no balão de oxigênio.


O caso é alarmante, vale lembrar  que já foram duas mortes somente nesta semana durante os teste no TAF.


O candidato que realizou teste nesta manhã de sábado deu entrada por volta de 12hrs, já no balão, direcionado direto a ala vermelha da UPA.



O último caso foi Marcone Ferreira Cordeiro faleceu na UPA do Bacanga depois de passar mal, foi levado as pressas, mas não resistiu. Já Daniele Nunes Silva morreu antes de dar entrada no pronto atendimento na terça-feira (30). A informação da equipe médica é que ela sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) provocado por esforço físico excessivo.


O teste que iniciou no último sábado (27/01) está sendo realizado no Complexo Esportivo da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) no Bacanga em São Luís e finalizará neste domingo (04).

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Parceria: Iniciou recuperação da Estrada vicinal da fazendinha em Iguaíba no Paço do Lumiar.



A Prefeitura de Paço do Lumiar em parceria com o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), iniciou nesta sexta-feira (2) os trabalhos de recuperação da estrada vicinal da Fazendinha, em Iguaíba, Paço do Lumiar.



O prefeito municipal Domingos Dutra (PCdoB), o secretário de Estado da (SEDES) Neto Evangelista (PSDB) e o deputado Waldir Maranhão (PODEMOS)  acompanharam de perto o inicio deste trabalhos.

Serão cerca de 10 km de estrada, que vão ligar Iguaíba a Mojó. A estrada receberá serviços de terraplenagem e piçarramento para melhorar o acesso dos moradores, o percurso das crianças da região até a escola e também o escoamento agrícola da área, principalmente cocos d’água, os melhores da região e que abastecem quase toda a Ilha.

As melhorias na Estrada da Fazendinha eram um desejo antigo dos moradores, que todos os anos faziam uma “vaquinha”, para deixar a via transitável. O representante dos produtores rurais de Iguaíba, Américo Azevedo, afirmou que este ano não vai ser preciso ter esse gasto. “Pela primeira um gestor ouviu nossos apelos, estou muito satisfeito com esta conquista que beneficiará todos na comunidade", acrescentou Américo Azevedo.

veja vídeo:

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Prefeitura de Paço do Lumiar inicia recuperação de 18 ruas no Maiobão



A semana teve início com a movimentação intensa de máquinas nas Ruas 10, 15 e 19 do bairro Maiobão, entre as Avenidas 13 e 14. É que a Prefeitura de Paço do Lumiar começou na Rua 19, desde a última sexta-feira, 26, os trabalhos de preparação do solo para o asfaltamento de 18 ruas no bairro. As máquinas estão fazendo raspagem, nivelamento, compactação e colocando o piche. A aplicação do asfalto deve ter início nesta quarta-feira. O prefeito Domingos Dutra (PCdoB) vistoriou os trabalhos e conversou com moradores.

“É com muita satisfação que iniciamos o trabalho de recuperação dessas 18 vias entre as avenidas 13 e 14 do Maiobão. Elas foram escolhidas em função das mudanças no trânsito nas duas avenidas, que transformarão algumas delas em acesso para o contorno de quadra”, afirmou o prefeito.

As mudanças às quais o prefeito se refere são as decorrentes das obras de urbanização feitas na MA-201 pelo Governo do Estado para melhorar o trânsito no local. Elas vão tornar a Avenida 13 de mão única desde a MA até o Caic Maiobão, e a Avenida 14 também de mão única, no sentido inverso, desde a Avenida 1 até a MA, para dar maior fluidez ao trânsito. Todas as ruas e avenidas, graças à municipalização do trânsito de Paço do Lumiar, serão sinalizadas para disciplinar o tráfego e evitar acidentes.

RITMO ACELERADO

As obras de preparação das ruas para receber o asfalto seguem em ritmo acelerado. Os serviços estão sendo feitos com recursos próprios da Prefeitura. “Eu sei que a infraestrutura de Paço do Lumiar está destruída. Vão ser necessários tempo e muitos recursos para recuperar todas as ruas, avenidas, becos e estradas que estão danificadas, que foram destruídas por falta de cuidado e manutenção ao longo de mais de três décadas”, observou o prefeito Dutra.

Em conversa com alguns moradores da área, Dutra explicou que a Prefeitura está fazendo o que é possível. “Iniciamos o asfaltamento de algumas ruas em parceria com o Governo do Estado, e agora com recursos próprios. São cerca de 20 ruas que esperamos recapear e reconstruir. Vamos torcer para que as chuvas não atrapalhem”, afirmou o prefeito.

Ruas do Maiobão que serão recuperadas neste primeiro momento pela Prefeitura: 06, 10, 15, 19, 23, 26, 29, 36, 39, 42, 44, 47, 49, 50, 53, 54, 81, 83 e 108.

Veja mais em meu canal do Youtube, lá você ficará informado sobre as principais ações do governo de Paço do Lumiar, não deixe de se inscrever e ativar o sino de notificação:


sábado, 27 de janeiro de 2018

Deserto e fracassado protesto pelego da oposição em Paço



Nesta manhã de sábado (27) o movimento Acorda Paço realizou seu protesto com meia dúzia de gatos pingados em oposição ao governo Dutra. Vale lembrar que desde semana passada os mesmo se organizam em favor do protesto datado.

O tão organizado protesto da oposição em anuncio do movimento, afirmavam que a cidade e sua metrópole iriam parar em favor de suas falacias e desvaneio, e que teria a atenção da OEA e da ONU, mas a realidade dos gatos pingados foi bem fracassada.


O mais interessante neste evento, foi a ação de dois dos vereadores da oposição: O vereado Miguel Ângelo (PRP) que ainda ficou por ali tentando encontrar meios; E a vereadora Carmem Aroso (PMDB) que chegou logo depois de Miguel, nem mesmo conseguiu sair do carro a edil. Os dois estavam em apoio com o movimento de oposição ao prefeito Domingos Dutra hoje na praça do Viva Maiobão, ao perceberem que o protesto seria um fiasco, sem dá muita atenção, fugiram sem ser percebidos.


Vereador Miguel encostou na árvore para ficar longe dos companheiros de oposição no ato de protesto no viva  

Os pelegos ao perceberem que a coisa não deu muito certo na praça e vendo que ali havia mais pessoas trabalhando e fazendo o trabalho de capina e limpeza da praça do Viva do que no protesto, resolveram então seguir rumo a feira do Maiobão com a mesma dúzia, não deu muito certo a estratégia pois não conseguiram ter atenção do povo na feira.


quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Por que perseguem Domingos Dutra?



Encravado na ilha de São Luís, o município de Paço do Lumiar, sofre, desde sua criação, os efeitos de consecutivas administrações que deixaram muito a desejar e só fizeram agravar ainda mais os problemas estruturais. O histórico político da cidade é marcado por falcatruas, improbidades e desvios de recursos que puniram sua população com o atraso durante décadas.

As últimas administrações enfrentaram sérios problemas de malversação de dinheiro público, o que levou o Ministério Público a denunciar as quatro últimas gestões à Justiça por improbidade. Mábenes Fonseca, prefeito eleito pelo PDT, foi condenado a devolver recursos desviados aos cofres públicos e expurgado da política pela Lei da Ficha Limpa. Gilberto Arôso, seu vice e substituto, assumiu, se reelegeu e acabou em Pedrinhas pelas mesmas falcatruas.

Uma década depois, mantida a maldição dos corruptos em Paço do Lumiar, a tia de Gilberto, Bia Venância, sarneyzista convicta, embora fingida de aliada de Jackson Lago, acabou tendo o mesmo fim após ser afastada diversas vezes e retornar ao cargo mediante liminar garantida nos calabouços do Tribunal de Justiça. Ela acabou presa, e só não permanece até agora por conta da tornozeleira eletrônica que permite que ela seja monitorada remotamente pela Policia Federal.

Em meio a este lamaçal de corrupção, que subjugou Paço do Lumiar ao atraso, foi eleito o combativo deputado federal Domingos Dutra (PCdoB), um morador do Maiobão, conhecedor da realidade local e eleito prefeito do município quando todos os institutos de pesquisas apontavam os representantes da oligarquia Sarney como favoritos para vencer o pleito.

O atraso no lugar era tão grande, que a cidade, tratada por seus governantes como dormitório da capital, sequer tinha ponto de ônibus, muito menos sinalização vertical e horizontal, haja vista que o asfalto contemplava no máximo as avenidas do Maiobão. Na saúde, o caos era geral e seus moradores sofriam as consequências, obrigados a procurar a rede de urgência e emergência de São Luís. A educação, estratégica para o desenvolvimento de qualquer população, era constantemente saqueada pelos seus gestores. A dificuldade era tanta que mexia com os brios do luminese.

O caos perdurava há mais de quarenta anos por conta dos aliados de José Sarney instalados no município e chefiados pela família Arôso. Em menos de um ano de governo Dutra a realidade é outra, motivo pelo qual as viúvas que ajudaram a oligarquia a mergulhar Paço do Lumiar na lama partem para ataques injustificáveis, agressões e até insinuações de cunho familiar com a única finalidade de atingir a honra e a moral do prefeito, visando desestabilizar tudo o que foi conquistado em pouco mais de doze meses.

A Câmara Municipal de Paço do Lumiar, também controlada pelas oligarquias Sarney e Arôso durante décadas, pelo visto não se conforma com os novos ares de transparência, seriedade e de compromisso com o município da atual gestão. Talvez por saudade das benesses de uma época que a população luminense espera que nunca mais volte. Os tempos, porém, são outros e os vereadores que se colocam contra a população, por meros interesses escusos ou contrariados, podem perder o bonde da história e serem condenados ao ostracismo justamente por não compreenderem que novos ventos que sopram em Paço do Lumiar.




Jorge Vieira

Prefeito Dutra discute segurança em Paço com o Secretário Jefferson Portela



O prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB), esteve reunido na manhã desta segunda-feira (22), com o secretário de Segurança Pública do Estado, Jefferson Portela, com o comandante do 22° Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Renato, com o delegado geral de Polícia Civil, Leonardo Diniz, e com o superintendente de Polícia Civil do interior, delegado Dicival Gonçalves, para discutir a segurança do município.

Durante a reunião que aconteceu na Secretaria de Segurança Pública foram discutidos três pontos. O primeiro foi a definição do local onde será implantado o 22° Batalhão de Polícia Militar, já criado. O novo batalhão tem um efetivo de 107 homens e vai funcionar temporariamente na comunidade Canaã, no mesmo prédio onde fica a 2° Companhia do 13º PM, a inauguração deve acontecer em fevereiro.

Segundo o comandante, tenente-coronel Renato, o policiamento em Paço será muito mais adequado com a presença do batalhão. "O 22° Batalhão é uma grande conquista para sociedade luminense. Este é um batalhão visível, temos um bom efetivo e com o tempo e com as políticas públicas já estabelecidas pela Secretaria Pública de Segurança, vamos crescer ainda mais. Paço do Lumiar terá um policiamento muito mais adequado", reforçou o comandante.

O segundo assunto tratou da instalação da Companhia do Corpo de Bombeiros, cujo espaço físico será no bairro Maiobão, no prédio do Centro Social Urbano (CSU), na avenida 13. A ideia é inaugurar a companhia junto com o 22° Batalhão, também no próximo mês.

"Paço do Lumiar é uma cidade grande e já estava mais do que na hora de ter uma companhia do Corpo de Bombeiros. Fico feliz com o pedido do prefeito Domingos Dutra e logo estaremos ainda mais perto dos luminenses", destacou o comandante do CBMMA, Célio Roberto.

O terceiro e último assunto tratado foi o treinamento dos agentes de trânsito do município, já que a municipalização do trânsito de Paço do Lumiar foi aprovada pelo Conselho Nacional de Trânsito. Para o prefeito Dutra, essas conquistas vieram para somar com tantas outras ações que o governo realiza na cidade, em prol da segurança da população.

“Mais uma vez fomos muito bem recebidos pelo secretário Jefferson Portela. Sabemos que as questões de segurança pública competem ao Governo do Estado, mas desde que assumi o município, tenho corrido atrás, vou em busca de recursos para tornar Paço do Lumiar uma cidade segura para todos ”, declarou o prefeito.

Já o secretário Jefferson Portela afirmou que atualmente as ações criminosas ocorrem de forma conjunta em locais diversificados, sendo necessário a união das instituições com as comunidades para manter o controle social sobre o crime e a violência. “Por isso a concepção de gestão compartilhada deve ser adotada por todo gestor público", afirmou o secretário.


Palestra sobre a saúde mental marca o janeiro em Paço do Lumiar



A Prefeitura de Paço do Lumiar, por meio das secretarias municipais de Desenvolvimento Social e de Saúde, promoveu nesta quarta-feira (24), no auditório do Instituto de Educação Superior Franciscano (IESF), a palestra "Cuidar da mente é cuidar da vida", ministrada pelo diretor do CAPS Álcool e Drogas do Maranhão, Marcelo Soares. O momento celebrou a adesão do município à campanha Janeiro Branco, que aconteceu por meio de um projeto de lei criado pelo vereador de Paço do Lumiar, Miguel Ângelo (PRP) e sancionado pelo prefeito Domingos Dutra (PCdoB).

"O que nós pretendemos ao ser o primeiro município maranhense a aderir à campanha Janeiro Branco é inserir o tema da saúde mental na comunidade como um todo. Queremos provocar nas pessoas a reflexão de que muitas situações cotidianas vividas, das individuais às coletivas, têm íntima relação com a condição psicológica e emocional de cada um", afirmou o prefeito Domingos Dutra.

Para o diretor do CAPS AD, Marcelo Soares, o município de Paço do Lumiar deu um passo importante, já que a saúde mental não está associada somente às doenças mentais. "Uma boa qualidade de vida, que abrange relacionamento familiar e social, trabalho e comportamento no dia-a-dia são fatores que determinam uma boa saúde mental. A qualidade de vida está baseada em quatro pilares, que são: O amor próprio, controle emocional, convívio familiar e o trabalho e controle das finanças. A gente quer prevenir a saúde mental analisando seus aspectos e sintomas”, disse o diretor.

A palestra teve sucesso de público, com mais de 160 participantes que receberam certificados ao final do evento. Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Social, Nauber Braga, a ideia é fazer deste dia um marco temporal. "Saúde Mental deve ser discutida o ano inteiro, mas, a partir de agora, teremos uma data para a promoção de ações estratégicas, que façam as pessoas refletir sobre a importância do equilíbrio emocional", destacou o secretário.


terça-feira, 23 de janeiro de 2018

O mau agouro de Talita Laci ao comprar R$ 170 mil em caixões


Uma publicação no  Diário Oficial do Município de Raposa chamou atenção na última segunda-feira (15), pelo seguinte fato. A Prefeita Talita Laci (PCdoB), irá comprar R$ 170.300,00 (cento setenta mil e trezentos reais) em caixões pela prefeitura da Raposa. Generalizou a noticia no município, o fato é polêmica na pequena cidade com pouco mais de 29 mil habitantes. Será presságio de Talita Laci para ano de 2018 trágico aos munícipes?



O pregão presencial 027/2017 publicado no Diário faz referência à contratação de empresa especializada para o fornecimento de urnas mortuárias e serviços traslados funerais para atender a população em situação de vulnerabilidade do município de Raposa. O contrato tem vigência até 31/12/2018 com a contratada “Pax São Luís Raposa” – cuja razão social é L. G. Ribeiro – ME. Empresa situada na Avenida Principal, 133, no Centro, da cidade de Raposa.





Com a alimentação no sistema  do SIM (Sistema de Informações sobre Mortalidade), 131 pessoas morreram na Raposa no ano de 2015 . Ainda segundo informação, menos de 20 famílias pediram auxílio à prefeitura para fazer o enterro. É um número bem inferior ao contrato assinado para a quantidade de caixões encomendada por Laci.


Apenas a funerária vencedora participou da concorrência.