quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Atenção, cenas forte, muito forte! Morre o candidato do PSB à Presidência, em acidente de aeronave em São Paulo (Santos), Eduardo Campos.

Morre o candidato do PSB à Presidência em acidente de aeronave, que caiu em Santos. As
7 pessoas a bordo morreram. Nem a mulher nem Marina Silva estavam no jato.


Eduardo Campos em São Luís com Flávio Dino
 A vinda de Eduardo Campos ao Maranhão, marcou ainda o início da campanha do socialista no norte e nordeste brasileiro. Antes da caminhada o candidato à presidência pelo PSB falou a imprensa e afirmou apoio as candidaturas de Flávio Dino  a governador do Maranhão e Roberto Rocha a senador.



O candidato à presidência da República Eduardo Campos, que disputava as eleições pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), morreu na manhã desta quarta-feira, após acidente de avião em Santos, no litoral de São Paulo. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do partido.
De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), a aeronave Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto de Guarujá, no litoral de São Paulo. "Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo", diz a nota. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave. Além disso, a Aeronáutica já iniciu investigações para apurar o que teria causado o acidente. 

Foi publicado lista de pessoas  abordo:
Alexandre da Silva, fotógrafo
Carlos Augusto Leal Filho (Percol), assessor 
Eduardo Campos, candidado à presidência

Geraldo da Cunha, piloto

Marcos Martins, piloto

Marcelo Lira, cinegrafista

Pedro Valadares Neto, assessor

 A Polícia Federal enviou seis peritos para Santos a fim de trabalhar na apuração da causa do acidente. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) se deslocou para a cidade depois de tomar conhecimento da morte de Campos.
Os principais adversários de Campos na campanha eleitoral, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB), cancelaram os compromissos de campanha. Todos os comitês da Dilma suspenderam as atividades após a confirmação da morte. "Estou absolutamente perplexo", afirmou Aécio Neves no Rio Grande do Norte.
registrar  em até dez dias outro candidato
De acordo com a legislação eleitoral, o PSB poderá registrar  em até dez dias outro candidato para substituir Eduardo Campos na disputa pela Presidência da República.
"Estamos muito chocados com tudo", afirmou o deputado federal Marcio França (PSB), presidente do diretório estadual do partido emSão Paulo.

Veja vídeo publicado por morador em Santos:



Fotos do acidente,muito forte algumas imagens:




Suposto corpo de Eduardo Campos,via iternet.