quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Feira do Livro de São Luís: 8ª FeliS destaca produção literária infantil do patrono Wilson Marques

O principal homenageado da oitava edição da Feira do Livro de São Luís (FeliS) é o escritor Wilson Marques, escolhido como patrono do evento promovido pela Prefeitura de São Luís, através da Fundação Municipal de Cultura (Func) e Secretaria Municipal de Educação (Semed). O maranhense é conhecido por sua produção direcionada às crianças e suas histórias já fazem parte das leituras no cotidiano escolar.

O escritor tem comparecido todos os dias na programação da FeliS. As crianças que visitam o evento têm a oportunidade de conversar com o patrono e ainda sair com o livro autografado. No pátio interno da Fundação da Memória Republicana Brasileira, que abriga nesta oitava edição do evento o Espaço Wilson Marques, totens ilustram a biografia do patrono. Além disso, estão sendo distribuídas obras do autor para os estudantes. 

“É bem legal essa iniciativa da Feira, não só pela homenagem, mais como forma de contribuir para a divulgação da literatura para as crianças, ainda mais saindo do evento com um livro na mão e autografado”, destacou o escritor.

Wilson Marques afirmou que entrou no ramo literário quase por acaso. Autodidata e intuitivo, ele experimentou várias vertentes artísticas, como as artes plásticas e a fotografia. A vocação para a literatura foi uma oportunidade de atender a uma necessidade editorial. Na literatura infantil, encontrou seu lugar e a resposta tem sido produtiva. O livro Tambor de Mestre Zizinho, por exemplo, será publicado, em breve, no Egito e na África do Sul.

Entre as características do autor está o envolvimento com a divulgação das próprias obras literárias. “Trabalhar a estratégia de divulgação e fazer com que o livro entre no mercado editorial é um grande esforço. Eu, por exemplo, produzo obras para circularem especificamente no Maranhão”, disse, ao comentar o assunto.

O exemplo de Wilson Marques tem se tornado um estímulo para que novos escritores se lancem no mercado de livros. A escolha dele como patrono também serve de referência para que outros autores maranhenses, que falam de São Luís em suas narrativas, possam ampliar os olhares e o imaginário do cidadão com os lugares e a cultura local. Motivo que contribuiu para o evento ser realizado no bairro do Desterro.

De acordo com a coordenadora da 8ª FeliS, Rita Oliveira, a escolha de Wilson como patrono foi quase unânime. “Durante as reuniões que fizemos entre a curadoria e uma comissão de escritores e intelectuais da cidade, foi sugerido o nome de um escritor jovem e de produção atual. Wilson Marques foi o nome mais indicado para patrono e, partir desta escolha, definimos o tema da Feira, a literatura infantil”, explicou. 


No último domingo (2), a obra do patrono foi tema de palestra, no Espaço Wilson Marques, com a presença dos professores José Neres e Edneide Maria Ferreira dos Santos. Durante a exposição, os dois dissertaram sobre a importância dos livros de Wilson para o preenchimento de uma lacuna no mercado editorial dos livros infantis no Maranhão.

José Neres fez um resgate da produção de grandes escritores maranhenses sobre literatura infantil, como Viriato Correa, Odylo Costa, filho e Orígenes Lessa. Orígenes, mesmo não sendo maranhense, escrevia sobre o Maranhão. “Wilson ocupou um espaço que estava vazio e deu oportunidade para os professores trabalharem com o que é nosso, com as nossas lendas e cultura”, declarou José Neres.

O palestrante destacou além da produção na área da literatura infantil, o trabalho de Wilson Marques como pesquisador, característica que é evidenciada em suas obras. “Wilson é um pesquisador que se multiplica em vários gêneros literários. Sua imaginação e o talento literário vêm do seu trabalho como pesquisador”, afirmou.



OBRAS DO PATRONO


As principais obras de Wilson Marques estão sendo comercializadas no estande da Livraria Vozes e no estande dos Autores Maranhenses no Espaço dos Livreiros no pátio externo da sede da Fundação da Memória Republicana Brasileira (FMRB), além de exposição no estande da Biblioteca Municipal que está sediando o Espaço Wilson Marques, onde os visitantes podem ter contato direto com o escritor.

Entre as obras mais recentes do patrono da FeliS está Contos e lendas da Terra do Sol, escrita em parceria com Marco Haurélio Fernandes. O livro aborda contos da tradição oral da Bahia e do Maranhão. No sábado (8), às 18h30, o escritor fará lançamento das obras O jovem João do Vale e João Pedro Borges (biografia). O escritor estará presente durante toda a programação da Feira, visitando os espaços e participando de rodas de conversa no Espaço Wilson Marques, sempre às 17h. A programação completa da 8ª FeliS pode ser acessada no portal da Prefeitura de São Luís.