sábado, 16 de maio de 2015

Paço do Lumiar: Presidente Leonardo Bruno indaga Alderico Campos,sobre cheque encontrado com esquema de Agiotagem

O ex-presidente da Câmara de Vereadores de Paço do Lumiar, Alderico Campos, que se envolveu em mais um escândalo durante as operações Morta-Viva e Maharaja, tal qual a polícia encontrou dia (5) um cheque da Câmara de Paço do Lumiar no cofre do agiota Pacovan assinado pelo vereador quando assumiu a presidência da Casa Legislativa em 2009.
O vereador Leonardo Bruno, o atual presidente da Câmara de Paço do Lumiar, insatisfeito com tal situação, por envolver a imagem daquela casa legislativa, pediu explicação ao vereador Alderico Campos.

Alderico em sua explicativa afirma ser impossível, pois em seus relatórios o cheque encontrado com Pacovan, teria que esta dentro da Agência do Banco do Brasil e deveria ter saído de lá "Deus sabe lá como", afirma. O edil relatou uma situação a qual foi omisso, em que envolve um funcionário do banco, referente ao ano de 2011, que detectou irregularidade de debitação de cheques com diferença de valores que chegavam até 1.000 (hum mil), na conta da Câmara Municipal, foram diversas as eventualidade registrada em auditória da empresa (FOCUS), na época contratada pelo edil, que em ofício de n° 052/2011, enviou ao banco em resposta as irregularidade ocorridas. O nome do funcionário dado pelo o edil é Perachi Roberto Farias caixa do banco e ex-prefeito de Marajá do Sena no ano de 2005 a 2008.

Quando indagado pelo presidente Leonardo Bruno, a que empresa foi dado o cheque e que tipo de despesa no valor de R$ 2.500,00 reais, o vereador Alderico Campos não soube responder e nem afirmar se foi registrado (B.O), já que não entrou com a propositura.


Veja vídeo da sessão do dia 12/05