terça-feira, 30 de junho de 2015

SJRB Vídeo: ''Garimpeiros do lixo'', Reportagem do Record Investigação mostra ribamarenses que sobrevivem do lixo

A cidade de São José de Ribamar, Maranhão ganharam destaque no noticiário nacional. O programa Reporter Record Investigação da Rede Record mostrou, titulando a reportagem  como em busca do ouro (lixo), na noite desta segunda-feira (29), a extrema pobreza da população que sobrevivem de restos.

O programa contou histórias de como vivem seres humanos que garimpam, em meio às montanhas de lixo. Histórias vivenciadas no dia-a-dia por estas pessoas sem amparo algum. Situação de vulnerabilidade que vivem os chamados garimpeiros dos lixões no país, eles vivem sem acesso a vários tipos de direitos básicos como moradia digna e comida de qualidade.

Dados da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública, dão conta que cada brasileiro produz em média 383 quilos de lixo por ano. Mas, o que é descarte para uns, é fonte de renda de outros. Na companhia dos urubus, homens, mulheres e até crianças trabalham à exaustão.


Do Maranhão, foram destacadas as histórias de dois personagens pelas lentes do repórter cinematográfico Joel Oliveira, com auxílio técnico de Paulo Henrique Silva, da TV Cidade/Record. Foi possível conferir a situação em que vive Francisco, de 52 anos, que aparenta idade muito maior por conta dos 13 anos em que trabalha em média dez horas por dia, durante toda a semana. Francisco é morador do bairro Jota Câmara 2, que fica no município de São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís.


Assistam o vídeo abaixo e confiram reportagem: