quinta-feira, 9 de junho de 2016

Paço do Lumiar poderá virá chacota nacional com candidatura de Arôso

Se já não bastasse os escândalos envolvendo a família Arôso, ao longo dos anos em Paço do Lumiar, que envergonham a cidade e a sua população, agora o município poderá virar chacota nacional.

O ex-prefeito da cidade Gilberto Arôso (PRB) preso recentemente, após a decisão da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão, o qual manteve sentença da juíza da Comarca de Paço do Lumiar, Jaqueline Reis Caracas, pela condenação do ex-gestor pelos crimes de fraude à licitação e falsificação de documento público, que o levou a cumprir pena no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, e está em liberdade por força de uma liminar do TSJ, anda se articulando para ser candidato a prefeito.



A noticia vem como uma bomba para a população luminense, que pela primeira vez na história poderá se depara com um ex-presidiário concorrendo ao cargo de prefeito na cidade. Podendo ser preso a qualquer momento, devido aos inúmeros processos que responde na Justiça.

Nosso blog, vem acompanhando a longa saga de processos judiciais ao todo 41, pelos quais o Sr. Gilberto Arôso vem sendo acusado em diversas matérias, principalmente por atos de improbidade administrativa no decorrer de sua gestão frente à prefeitura de Paço do Lumiar. Como já dizia o grande Jurisconsulto brasileiro, Ruy Barbosa: FORA DA LEI NÃO HÁ SALVAÇÃO!

Nesse âmbito não poderíamos deixar de lado o estudo de tal figura, que mais uma vez está na cena política de Paço do Lumiar, com a intenção de novamente “administrar” a prefeitura: que é bem público e não de interesse particular!

Os processos que Gilberto Arôso responde na Justiça, e pelas condenações que já teve demonstra com clareza as práticas ilícitas que foi seu governo.

Como é possível esquecer a gestão corrupta do ex-prefeito Gilberto Arôso, atolada em processos tanto na comarca de Paço do Lumiar, quanto no Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão; 90% deles são por atos de improbidade administrativa contra o erário público municipal.

É preciso que a população tenha a consciência de que a corrupção envolvendo a gestão de Gilberto Arôso, produziu pobreza e impediu o desenvolvimento do nosso município.

O ex-prefeito ainda corre o risco de um outro processo que responde, o levar novamente pra cadeia. Até as convenções municipais tudo pode acontecer, é aguardar pra ver!

Fonte: Rilton Silva