terça-feira, 7 de março de 2017

Marinho do Paço nada simpático com a saída de Miau Oliveira da oposição "G9".


O edil Miau Oliveira (PDT), nesta última sessão ordinária de terça-feira (7), anunciou sua saída do bloco de oposição, com de nome "G9" na Câmara Municipal de Paço do Lumiar. O anúncio foi feito pelo próprio parlamentar na tribuna. Miau afirma está com a consciência tranquila quanto a sua decisão, e que está agindo de forma razoável diante os últimos eventos dos atos legislativo que vem protagonizando o atual presidente da câmara municipal Marinho do Paço (PROS).

Ainda em sua fala, o parlamentar relatou que protocolou na secretaria da Câmara Municipal a retirada do seu nome das Comissões de Meio Ambiente e Defesa do Consumidor ao qual é membro titular, e também da Comissão de Saúde, Educação e Cultura onde é membro suplente. O vereador aproveitou a ocasião e reforçou a denúncia feita por seus colegas de parlamento, Leonardo Bruno (PPS) e Welligton Sousa (PSB), contra o presidente da casa Marinho do Paço que aproveitou do cargo para fazer suas manobras desobedecendo assim o regimento interno, que foi a escolha a dedo dos representantes das comissões permanentes, sem ao menos obedecer à proporcionalidade dos partidos, conforme denunciamos aqui neste blog, reveja denúncia.

Conforme exauria sua manifestação Miau Oliveira, Marinho do Paço que ficou nada simpático com a saída de Miau da oposição 'G9', interrompeu a fala do edil, e com a fala exigente pediu saída do edil da mesa diretora. "Eu só te digo seguinte vereador, que V.Ex.ª,  assinou e peço que se retire da mesa diretora", disse Marinho.

Em seguinte o edil negou sua saída. "Negativo, V.Ex.ª, não tem o direito de pedir isso, eu não vou fazer, eu não vou fazer", disse repetidamente Miau, que em seguida pediu respeito ao presidente que tentou ferir o vereador diminuindo seu tratamento em sessão dos atos legislativo. Para esclarecer mais, o que o vereador Miau pediu ao presidente Marinho, foi somente que em suas falas use os pronomes adequados nos atos do legislativo. 
 
O edil Miau que ainda tentou finalizar sua fala pedido de forma reiterada respeito, teve seu microfone desligado pelo presidente Marinho do Paço, os dois parlamentares protagonizaram mais confusão e bate-boca durante a sessão legislativa.